Segunda-feira, 12 de Agosto de 2013

O silêncio é de ouro e muitas vezes é a resposta.

 

   O silêncio é de ouro e muitas vezes é a resposta

O nosso destino depende de nós, não de Deus. Os estrategistas não acreditavam em predestinação e não estimulavam as pessoas a consultar livros que diziam a sorte ou esperar o que fosse acontecer. Ensinavam às pessoas a examinar as suas situações e os seus actos, e a assumir a responsabilidade consciente do seu comportamento e as consequências que ele provoca.

Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: "a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida."

Não exageremos a importância das coisas. Ainda que eles se digam inocentes, e se sintam inocentes e sejam mesmo inocentes, o mecanismo que a Associação tem para definir quem é e não é culpado, com todas as possibilidades de defesa e de recurso, não concluiu por essa inocência e condenou-os. Tantos que neste país a todos os níveis, que tudo fazem para que a Justiça não se cumpra. Nenhum se diz culpado em todo este processo. Porém, ao submetermo-nos à lei, como todos nos devemos submeter, mesmo quando a sentimos injusta. “A lei é dura mas é a lei” e este princípio, não deve ser colocado em causa, numa Associação como a nossa, onde há Leis e Princípios a cumprir. Uma coisa é lutar com todas as armas legais ao nosso alcance. Outra é, através de artimanhas e expedientes, colocar-se acima da lei.

 Por que devemos dar valor às lágrimas, se como a chuva elas caem ao chão?!

Devemos dar valor aos sorrisos, que como o amor, aquece o coração.

Como diz o provérbio Chinês, “A palavra é prata, o silêncio é ouro”

Chamem-me o que quiserem.., mas penso que apesar de exigir sacrifícios, a lei deve ser cumprida ainda que pareça imoral ou injusta.

O formalismo desmesurado ignora a boa-fé processual que se exige de todos os sujeitos do processo, inclusive, e com maior razão, da Direcção Nacional, bem como se afasta da visão do direito, obrigações e deveres, cuja teoria prescreve com o formalismo interpretativo na análise do sistema...

Devemos lembrar-nos sempre que podemos aprender muito com o outro com os seus defeitos e as suas qualidades e que também ninguém é perfeito e, devemos procurar sempre enxergar algo de bom em tudo e em todos.

 

"Não quero que me respeitem a mim, quero que respeitem a honestidade do meu trabalho"



publicado por fna-nucleodaborralha às 16:00
link do post | favorito

.mais sobre mim



.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26

28
29
30
31


.posts recentes

. 62º ANIVERSÁRIO DA FNA

. SEMANA SANTA

. A DESILUSÃO

. BOAS FESTAS

. "SOUTO DO RIO"

. INICIO DE ACTIVIDADES DO ...

. "Souto do Rio" Nº 15

. Boas Festas e Bom Ano Nov...

. 23. ABRIL - DIA DE S. JOR...

. A TODOS BOA PÁSCOA!!!

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Dezembro 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds